Matriz de Risco para PGR em Planilha

Matriz de Risco para PGR em Planilha

Elaboramos uma planilha com dois modelos de Matriz de Risco, que podem ser usadas como metodologia no PGR. No material consta um modelo baseado na AIHA e o modelo BS 8800 (anexo D - OHSAS 18.001), assim como tabelas didáticas sobre gradação de Severidade/ Probabilidade e controle de Riscos. As matrizes de risco podem ser adaptadas da maneira que o profissional desejar, desde que mantanha-se o cruzamento entre probabilidade e severidade (ou gravidade/consequência como também é usado). Na planilha há dois modelos, um 5x5 (baseado na AIHA) e outro 3x5 (BS 8800). Bom proveito e compartilhem!

O que é Matriz de Risco?

A Matriz de Risco é basicamente uma ferramenta para a administração de riscos ocupacionais. É conhecida também como Matriz de Probabilidade, pois têm o objetivo de exibir as chances de riscos acontecerem, traçando de certa maneira uma probabilidade em cada risco. Geralmente é utilizada para determinar o risco em acidentes de trabalho e etc.

Recordando:
1. Risco é basicamente a exposição ao perigo (probabilidade X severidade).
2. Perigo é uma situação com probabilidade de causar dano.

Através de uma Matriz de Risco é possível identificar a magnitude do risco e dimensionar as devidas ações para controle do mesmo. De maneira gráfica, como geralmente é feita, facilita o trabalho de acompanhar processos e desenvolver projetos de segurança, priorizando e mapeando tarefas e ações que merecem destaque. Além disso, ajuda bastante quando a empresa trabalha com equipes, pois é mais fácil de seguir as ações e acompanhar o trabalho.

Como funciona uma Matriz de Risco?

Existem diferentes tipos de matriz de risco, como o modelo AIHA, BS 8800 e até mesmo modelos únicos desenvolvidos pelo próprio profissional capacitado, de maneira que cubra suas necessidades de controle. Em todo o caso, é recomendável ter três itens importantes: severidade (negligenciável à crítico); exposição (diariamente à raras vezes) e probabilidade (improvável até frequente). Todos os três itens costumam ter 5 gradações. Em gravidade por exemplo, a gradação 1 seria negligenciável e a 5 seria crítico (exemplo).

O uso da matriz de risco é basicamente analisar o cruzamento entre probabilidade X severidade, a maioria das matrizes de riscos usam esta lógica de aplicação.

Posso usar as tabelas na NR 03 no PGR?

Não, na própria NR 03 é dito que as tabelas de excesso de risco servem apenas para fins de embargos e interdição, como é de função da própria NR. Sendo assim, não se pode utilizá-la para metodologias, a não ser que seja customizada de maneira adequada. Para não ter dúvidas, recomendamos que use os modelos presentes neste material, baseados na AIHA e BS 8800.

Baixar Gratuitamente -  Matriz de Risco para PGR em Planilha
Ao navegar pelo site você concorda com nossa Política de Privacidade. Ok